domingo, 6 de junho de 2010

Músicas Xamanicas




Que na língua siberiana quer dizer na tradução literal "Aquele que enxerga no escuro"

Xamã (pronuncia-se saman), ou shaman, é um termo de origem tunguska (povo nativo da Sibéria).
Os tungues meridionais identificam no xamã os portadores de função religiosa, que podem "voar" para outros mundos, entrar em um estado estático e ter acesso e contato com seus aliados (animais, vegetais, minerais), seres de outras dimensões e os espíritos ancestrais.

Xamã é o sacerdote ou sacerdotisa do xamanismo que entra em transe durante rituais xamânicos, manifestando poderes sobrenaturais e invocando espíritos da natureza, chamando-os a si e incorporando-os em si.
Este contato em êxtase permite a recepção de orientações e ajudas dos espíritos para resolver ou superar situações que desafiem as pessoas e seus grupos sociais.

Conceituação
A conceituação antropológica de xamã ainda não é consensual.
Diz-se ser uma espécie de sacerdote, médico, curandeiro, conselheiro e adivinho.
É um líder espiritual com funções e poderes de natureza ritualística, mágica e religiosa que tem a capacidade de, por meio de êxtase, manter contato com o universo sobrenatural e com as forças da natureza.

Segundo Eliade, desde o início do século XX os etnólogogos se habituaram a utilizar os termos xamã, medicine-man feiticeiro e mago para designar certos indivíduos dotados de prestígio mágico-religioso encontrados em todas as sociedades primitivas e que por extensão aplicou-se a mesma terminologia ao estudo da história religiosa dos povos civilizados
Ainda segundo esse autor, essa extensão do termo só pode prejudicar a compreensão do fenômeno xamânico que envolve aspectos particulares situados entre a medicina e religião especialmente, nessa última as técnicas do êxtase.
Cabe aqui a observação de Laplantine quanto a pertinência científica da divisão espontânea da etnologia realista.
Tal pesquisa segundo esse autor não é a adição de duas disciplinas que se apropriam dos campos temáticos, ou seja, dos territórios (no caso antropologia médica e da religião) pré construídos empírica e ideologicamente isolados, mas o esclarecimento sucessivo de um duplo procedimento diferenciados com relação a um mesmo fenômeno.
É surpreendente constatar, segundo ele que o que um pesquisador considera um ritual religioso será estudado por outro como uma prática médica.

MÚSICAS


VÍDEOS

MUSICA XAMÃ

SPIRIT INDIAN
sacred spirit - Yeha Noha
native american indian dream catcher
Native American Music/ Ly-o-lay-ale-loya

Native American Meditation-The Northern Lights

2 comentários:

Camila disse...

Muito obrigado ajudou muito.

http://vendimix.temloja.com.br/

Isabella disse...

Por favor, será que alguém poderia, ou saberia, me dizer o significado das expressões "Ñdarei a sã" e "Orei ouá", contidas no canto xamânico "Guerreiros da Paz" de Orestes Grokar?? É que cantamos e louvamos sempre os Guerreiros da Paz com essa música que é muito forte, e gostaríamos de saber o significado dessas expressões! Desde já, obrigada! Sou grata pela resposta! Paz e Luz!