quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Usando a Linguagem do Corpo pra Entender a Obesidade - Cristina Cairo



A gordura é o casulo que a pessoa cria, inconscientemente, para se proteger e se esconder dos problemas externos.

Pessoas muito sensíveis, que se deixam magoar com facilidade, buscam se proteger atrás da gordura, que representa a maciez de um abraço.

Muitas vezes a gordura é uma forma convenientemente usada para se conseguir certos benefícios, como atrair a compaixão de outras pessoas, deixar de trabalhar naquilo que não gosta, escapar de certas obrigações que limitam sua liberdade e até mesmo testar o amor e a fidelidade do cônjuge.

Mais uma vez vemos que o perigo está em nossa mente, não no mundo em que vivemos, e nem nos alimentos que comemos.

Faça um "regime" nos seus pensamentos e limpe toda essa amargura.
Viva tranqüilamente e sem se sentir ameaçado.

Ame profundamente a todos e você perceberá que, como resposta, receberá mais amor dos outros.

Saia já desse casulo e participe ativamente do mundo, de peito aberto e acreditando que você está sendo protegido pelas mãos do Grande Pai.

Pare de guardar mágoas e ressentimentos.
Chega de discutir gratuitamente com as pessoas, pois cada uma delas luta pelas suas razões e você pode sair machucado.

Apenas aja com docilidade e poder e não deixe que as diferenças de vida e opiniões o aflijam.

Atenção: quanto mais você "engolir" e guardar mágoas, mais seu corpo engordará.
Para você superar definitivamente essa dificuldade de emagrecer terá de compreender que toda expectativa gera frustração.

Por isto não fique esperando acontecer o que você deseja, nem queira que as pessoas sejam como você ou lhe dêem aquilo que tanto você almeja.
Saia já dessa postura de vítima e perceba o tamanho do seu próprio poder.
Ninguém é responsável pelas suas fraquezas ou fracassos.

Tudo depende exclusivamente da sua postura diante da vida e dos acontecimentos. Passe a agir como adulto e mostre seus verdadeiros interesses a quem é importante para você.

Tenha coragem de mudar seu comportamento e ser você mesmo.
Se você não está encontrando em sua memória nenhum registro pelo menos semelhante ao que estou dizendo, certamente é porque seu subconsciente abraçou com muita força alguma mágoa antiga e continua a protegê-la, pois para ele não existe "tempo".

Tenha calma porque com ele (o subconsciente) nós devemos agir despreocupadamente e mandar mensagens positivas e constantes, até que ele perceba que as defesas contra o passado são inúteis.

As mensagens que você pode enviar ao seu subconsciente são pensamentos e condutas contrárias ao que está vivendo hoje.

O importante é sair logo desse círculo vicioso que ainda está impresso em sua mente inconsciente.
Pratique um esporte ou faça exercícios.
Torne seus pensamentos mais ativos e coloque em prática as suas decisões.
O mundo espera você para agir com ele.

Transforme essa gordura em energia, sacudindo a poeira do passado e olhando para frente.
Rápido!

No começo tudo pode parecer difícil, mas depois você amará os novos hábitos e a sua nova personalidade.

Vamos, acorde! Organize-se!
Tudo depende só de você!

Chega de arrumar pretextos pois isto só vem provar que você está realmente tendo alguma conveniência em ser gordo.

Busque o que você deseja, sem prejudicar sua saúde e sua beleza.
E, definitivamente, tente compreender que quando nos magoamos com algo é porque estamos sendo egoístas em querer que tudo seja do nosso jeito.

Liberte-se dessa tendência e aceite as pessoas como elas são.
Seja você mesmo e não se permita pensamentos negativos.
Eleve-se a cada dia com bons sentimentos em relação à vida e cresça cada vez mais dentro da evolução espiritual, sem mágoas, sem medos, nem desconfianças.

Quanto mais você se aproximar de Deus, mais se sentirá confiante e feliz.
De outra forma, você estará cada vez mais longe dele.

CRISTINA CAIRO
http://www.linguagemdocorpo.com.br/

Nenhum comentário: