domingo, 30 de setembro de 2012

Imagens, Orações e História do Arcanjo Metatron

METATROM - O REI DOS ANJOS 
 


Metatron no judaísmo místico, especialmente na Cabala é o Anjo Supremo mais poderoso.
O anjo Metatron, príncipe dos Serafins governa globalmente todas as forças da criação em benefício dos habitantes da Terra. Representa o poder da abundância e a supremacia.
No grego Meta significa "ir além, transcender" eThronos significa "trono" portanto Metatron significa "além do trono".

Essa definição ocorre em referência a sua proximidade com o Criador.
É também conhecido como o Príncipe do Rosto Divino e o Anjo da Presença.
Tem a responsabilidade de "sustentação do mundo".

Ele reside na energia mais próxima do Divino, ajudando a criar vibrações de amor para assistir o Universo.
Seus deveres coincidem com os dos Arcanjos e outros Anjos.

Na Cabala Metatron governa a Árvore da Vida e seus ensinamentos.
Dizem que ELE tem 72 asas, em 12 pares de 6.

É o mais alto dos anjos, descrito como tendo de 2,5 à 4 metros, é uma figura bastante imponente.

ELE aparece como um ser enorme de luz branca brilhante.

É o maior de todos os hierarcas dos céus, o Rei dos Anjos.
Alguns dizem que Metatron foi "originado" de Enoque, um personagem bíblico nascido na sétima geração após Adão, pai de Matusalém.

De acordo com o relato de Gênesis, capítulo 5, versos 22-24:

"E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas.
E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos.
E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou".
Este pequeno trecho sugere que Deus o transformou em Metatron.



O PRÍNCIPE DO ROSTO DIVINO

  

 METATRON

"O mais próximo do Trono".

Também é conhecido como o Príncipe do Rosto Divino, Anjo do Pacto ou o Rei dos Anjos, é responsável pela existência do mundo e pela sustentação da raça humana.
 
No Talmude é considerado a ligação direta entre Deus e os homens; na cabala é chamado "Anjo do Senhor".
Uma versão nos conta que Enoch, ao ser definitivamente transportado para o céu, recebeu a ajuda do arcanjo Miguel, que o ungiu com óleos sagrados e o vestiu para que tomasse a aparência do anjo Metatron; como era um escriba na terra, Metatron passou a registrar tudo o que acontecia, exercendo no céu a mesma função que desempenhava como humano.
 
A ideia de que nossos feitos estão registrados no Céu e que serão consultados no dia do Juízo Final corresponde a essa metáfora de escriba.
Outra versão aponta a presença do arcanjo na criação do mundo, invalidando a hipótese de que ele seria um homem elevado à condição de anjo.
Metatron habita o sétimo céu e pode tomar a aparência de um pilar de fogo com o rosto mais ofuscante do que o Sol.



PROFETA ENOCH

 
"O Talmude é uma compilação de estudos, reunidos desde o tempo de Esdras até o sexto século de nossa era, contendo leis, poesias, orações, ritos, sermões, folclore, regras sobre o procedimento, mas especialmente comentários escriturísticos.
Outra definição bastante sintética é esta: Talmude é um repositório de leis judaicas".

Enoch, considerado o sacerdote-cientista patriarca pré-diluviano, um dos personagens mais famosos do ciclo anterior do tempo.

O pai de Matusalém e avô de Noé.
É creditado na Bíblia, como o arquiteto do Zion original, a legendária "cidade de Yahweh". (gêneses - 5:21 a 24).

Os dados conhecidos desse patriarca fizeram dele um protótipo da piedade hebraica e seu nome aparecerá como autor de numerosos apócrifos.

Enoch é creditado também a invenção do alfabeto e ao calendário, é considerado como o primeiro astronauta da história por algumas escolas de mistérios, que é "elevado ao Senhor" e lhe mostrado "os segredos da terra e do céu".

Ele volta a terra com pesos e medidas para toda a humanidade.

Nos Manuscritos do Mar Morto, revelando os livros apócrifos de Enoch removidos da Bíblia pelos líderes religiosos, Enoch descreve uma maravilhosa civilização no passado que usou mal as chaves do mais elevado conhecimento e foi incapaz de se salvar do último cataclisma.

Por isso essa mesma civilização, literalmente perderam "as chaves" e todo o auto conhecimento.

É uma tradição que Enoch não tinha morrido, mas tenha sido levado por Deus para fora do mundo (sab 4,10 - hebr 11,5), como Elias (2R 2,3-12).



MANUSCRITO DO MAR MORTO


O Arcanjo Metatron, príncipe dos Serafins, governa globalmente todas as forças da criação e distribui as energias divinas para todos os seres de menor potência.

Ele coordena as atividades dos seres angelicais ligados ao planeta Netuno.
O arcanjo Metatron representa a supremacia divina em todo o seu esplendor e é auxiliado, em sua tarefas, por oito grandes assistentes, são eles:

1 - Vehuiah - Deus elevado e exaltado acima de todas as coisas
2 - Jeliel - Deus que socorre
3 - Sitael - Deus, a esperança de todas as criaturas
4 - Elemiah - Deus oculto
5 - Mahasiah - Deus salvador
6 - Leiahei - Deus louvável
7 - Achaiah - Deus bom e paciente
8 - Cahethel - Deus adorável

Os Serafins trabalham nos influxos do Raio Azul de Mestre El Morya. Eles servem no Raio Azul junto ao Arcanjo Miguel e suas Legiões da Chama Azul, carregando-nos com seu amor, proteção e fé em Deus.


INVOCAÇÃO AO PRÍNCIPE METATRON

Anjo Metatron, luz de todos os Serafins,
Com vossa sublime proteção primordial,
Ajudai-nos à quietude de nossos espíritos,
Para dar-nos forças de continuar e vencer,
Sempre em nome da verdade,

Iluminai-me sempre em todos em todos os meus caminhos.
Anjo Metatron, que usai vossa luz divina, dai-me sorte,
Mantende-me sempre confiante e com fé em meus ideais.
Eu estarei a vosso serviço,
Pois sou digno de vossa proteção.
Anjo Metatron, livrai-me de todas as impurezas
Que possam me prejudicar.

Peço-vos que meus sentimentos sejam sempre elevados e exaltados!
Príncipe do mundo,
Eu vos saúdo,
Para que eu tenha uma existência tranquila,
E que minha vida, seja assim designada,
Para trabalhar repleta de amor.
Amém.

Texto extraído do livro Anjos Cabalísticos

 
 
O regente da Geometria Sagrada.
Metraton (aspecto masculino) - Shekinah (aspecto feminino)


Também conhecido como Metatron, Matretton, Mittron, Metaraon, Merraton.

Nos escritos que não pertencem às escrituras, Metraton é um super anjo.
O seu nome inclui o rei dos anjos, príncipe da face divina, anjo da promissão e muitos outros.
Ele liga o humano ao divino.
O significado do seu nome é em si um mistério.
Alguns pensam que o nome vem do latim metator ("guiar ou medir"); outros pensam que é apenas uma invenção judaica.

Quando é invocado, Metraton aparece como um pilar de fogo, ofuscante como o Sol.

Em algumas fontes ele é visto como sendo mais poderoso do que Miguel.
Muitos mitos rodeiam Metraton, incluindo que ele possa ter sido um mortal (o profeta Enoch) que se transformou em anjo que agora funciona como um escriba oficial divino, que detém todos os segredos escritos e vigia tudo o que os humanos estão a fazer.
Podem vê-lo como o criador e o bibliotecário dos escritos de Akashi.

Em Key of Solomon, por S. Lidell MacGregor Mathers, o Primeiro Pentáculo do Sol — «O Semblante de Shaddai Todo-poderoso, a cuja presença todas as criaturas obedecem, e os Espíritos Angélicos fazem a reverência de joelho dobrado. . . » — é a representação de Metraton.

Em volta do disco está escrito:
«Contemplem a Sua face e forma pelas Quais todas as coisas se formaram, e pelas Quais todas as criaturas obedecem».

Num outro mito, o profeta Elias foi transformado no irmão gêmeo de Metraton, chamado Sandolphon.

O seu dever é reunir as preces de todos os praticantes (mais ou menos como o Serafim, no sistema dos Nove Coros).
Desta fina teia de energia ele tece uma grinalda ou tapeçaria púrpura e vermelha.

Contudo, o mais interessante sobre Metraton é a associação com Shekinah, a versão hebraica da Shakti hindu, que é o lado feminino de Deus no humano.

A criação do mundo é obra de Shekinah (de acordo com Zohar).
Então, o propósito da vida é juntar as duas metades, masculina e feminina, para criar um universo equilibrado.

Shekinah é conhecida como «a glória que emana do divino» e representa a libertação.
Muitos veem-na como «o espírito divino».
A associação do Espírito Santo como feminino ajuda a equilibrar a cura.
Na mitologia judaico, Shekinah está entre o criador e o humano.
No Sabbath ela faz descer o seu véu da divindade sobre os crentes coletivos.
No fim do dia ela volta ao seu lugar de/com a divindade.

O propósito do universo é reunir Metraton (o Criador) e Shekinah (a Criadora).
Em Matratone Shakinah vemos o conceito pagão de Deus e Deusa.
Pode ser por isto que os cristãos olhem com desdém para Metraton e Shekinah, já que o divino feminino foi colocado abaixo do poder patriarcal.
Correm rumores de que muitas das tarefas do Clã dos Sete é trazer as energias de Shekinah de volta para a humanidade, para que tudo possa estar em equilíbrio e harmonia.

 
 
Textos e Mensagens  de Metatron

http://www.luzdegaia.net/metatron/outros.html


 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 
 
 

 
 
 

 
 
 
 

 

 

 
 

 
 
 

 
 
 
 
 
 
 

2 comentários:

leticiauchoa2010@gmail.com disse...

Uauuu... obrigada pelas sabias informacoes e postagens! Mínha alma se acalma, meu coracao se harmoniza com a paz. Enfim, um grande encontro... preciso dos ensinamentos de voces. Grande abraco, Leticia de Melo Uchoa

LOURDES PAIXÃO NEVES disse...

OBRIGADA POR NOS PRESENTEAR COM ESSE CANTINHO DE LUZ MUITA PAZ.
E QUE RECEBA 3 VEZES MAIS A ENERGIA QUE NOS OFERECE BEIJOS.