sábado, 14 de setembro de 2013

O erro que faz a sua oração não funcionar e como corrigi-lo em 10 dias

Parte 3 - O Erro que faz a sua oração não funcionar e como corrigí-lo em 10 dias


Olá, eu espero que você esteja bem.
Seja bem-vindo a este segundo texto, de uma série de conteúdos em que eu explico como
transformar a sua vida com treinamentos espirituais durante o sono.
(se você não leu o primeiro, clique aqui e aprenda a técnica do papel dobrado)

Eu quero muito agradecer aos 124 comentários que recebemos em apenas dois dias e as 1116 inscrições para o webiseminário sobre as dicas essenciais para você participar das escolas
espirituais, evento gratuito que será feito online, em outubro.

A procura foi tão grande que eu simplesmente tive que contratar uma nova plataforma de exibição, para dar conta de tanta procura, portanto, se você ainda não reservou a sua vaga ou se quer indicar para algum amigo, faça isso logo se inscrevendo neste link, pois eu não sei quanto tempo vai levar para preencher todas as vagas.

Eu planejei falar sobre tema da oração especificamente porque, no texto anterior, prometi dizer

como eu mudei a minha vida com práticas que simplesmente fizeram toda a diferença em situações extremas.
Então, eu quero começar a detalhar tudo o que eu fiz (e continuo fazendo) para mudar a minha realidade com a força da espiritualidade.

Hoje eu vou falar de uma técnica poderosa para tornar a sua oração realmente eficiente e também vou começar a explicar os principais erros que as pessoas cometem, o que faz com que a prece simplesmente não funcione para elas.

Eu já conversei com pessoas que me perguntaram:

"Bruno!!!
Você sempre fala que a sua oração funciona muito bem e que você sempre conseguiu o que quis
por conta disso, mas eu não consigo nada!!!
Parece que quanto mais eu rezo, mais assombração aparece".

Eu falo sem medo de ser arrogante, porque falo com a felicidade de uma criança empolgada

com um brinquedo: a minha oração funciona mesmo!

Eu amo rezar e faço isso independentemente de uma ou outra religião, porque depois de estudar muito, mas muito mesmo, sobre os mecanismos energéticos e os conceitos técnicos envolvidos
na prece, eu simplesmente aprendi como funciona.

Eu aprendi também que existe um modelo ou uma fórmula que pode ser aplicada por qualquer pessoa que queira seguir seus passos.

Só que abrindo o meu coração e falando da minha intimidade deste jeito EU já consigo imaginar muitas pessoas dizendo: "Ah, o Bruno está exagerando... Isso não é verdade"; "Isso só deve

funcionar para ele, mas não vai funcionar para mim".
Eu sei que comentários como esse surgirão, e eu preciso ser sincero, porque chegou o momento
que a minha alma pede essa atitude.

Eu relutei muito para começar a falar abertamente deste tema e simplesmente começar a

compartilhar o resultado dos meus estudos sobre o assunto, ainda mais porque não sou
religioso(sou espiritualista), não sou pastor, não sou padre e não sou sacerdote.

Sou seguidor do universalismo (a melhor religião é o amor e a melhor filosofia é de fazer o bem)
e completamente adepto da ideia que precisamos viver com foco e consciência na espiritualidade.
O fato é que ninguém gosta de ser criticado e para mim não é diferente.

Mas chegou o momento em que eu entendi que isso precisava ser publicado abertamente!

E o motivo pelo qual eu estou falando do poder da oração é porque você precisará ter domínio
sobre os seus fundamentos para conseguir ingressar corretamente em uma rotina de treinamentos espirituais durante o sono, o que é o assunto principal desta série de conteúdos que eu estou divulgando na internet.
E para você conseguir aplicar o método que eu organizei, ao longo desses 10 anos, você precisará entender bem deste assunto.

O que eu vou dizer neste texto não é nenhuma novidade, pois de uma forma ou de outra, os

Grandes Mestres espirituais que já passaram pelo mundo falaram abundantemente sobre o tema.
Mas talvez nós não tivéssemos a maturidade que está sendo conquistada somente nos dias de hoje para entender o que esses grandes seres falavam.

Para que você entenda a força e poder do que eu vou falar, eu preciso que você compreenda bem essas questões abaixo:

1 - Eu não defendo e não falo por nenhuma religião específica, embora simpatize por muitas e

as ache importantes para a humanidade;

2 - O tema já foi abordado de diferentes maneiras e, para gerar uma referência, eu cito dois livros,

que embora excelentes representam uma pequena amostragem dos incríveis que já abordaram o assunto, comprovando a eficiência da oração de forma científica.

a-) Formas de Pensamento, de A. Besant e C. W. Leadebeater, Editora Pensamento.
b-) Quem somos nós, de Willian Arnetz, Betsy Chasse e Mark Vicent, Editora Prestígio.

3- Pesquisei profundamente o assunto durante 10 anos e por meio da mediunidade e da faculdade

da projeção astral ou viagem da alma, eu mesmo recebi ensinamentos nas escolas espirituais
sobre o tema.
Eu também publiquei amplamente este conhecimento em quatro, dos dez livros que já escrevi.
São eles:
Sintonia de Luz em 2007,
Evolução Espiritual na Prática em 2009
 (em coautoria com Patrícia Cândido),
Ativações Espirituais em 2010 e Os Símbolos de Força -
A Volta dos Iniciados em 2012 (estes dois últimos, orientados mediunicamente pelo espírito Cristopher).


E é com base em tudo que estudei com visão técnica de cientista(tenho formação em química), pois trabalhei muitos anos em laboratórios de pesquisas, somado as aplicações de tudo o que comprovei ao longo da minha caminhada como terapeuta e professor.


E também associando essa visão aos ensinamentos dos amparadores espirituais.

Portanto, o que estou falando, embora embasado por muitas fontes diferentes, eu conclui por mim mesmo, afinal, consegui encontrar essas respostas com a ajuda de entidades espirituais ligadas a “Própria Fonte Maior”.

Mesmo assim, se você ainda achar que isso tudo pode ser um devaneio da minha mente, eu convido você a fazer as práticas que eu venho ensinando nessa série de conteúdos (acesse o primeiro exercício do conteúdo 1).

Muitas delas eu já ensinei nos mais de 60 mil livros que vendidos em minha carreira de escritor espiritualista e o retorno que venho recebendo dos leitores é realmente empolgante.

O motivo que eu lhe desafio a fazer as práticas é porque você não tem nada a perder, e ainda de ao final dos testes, pode ser que você transforme completamente a sua visão de mundo.

Você não corre risco nenhum, portanto não custa nada tentar, não é mesmo?

O QUE FAZ COM QUE UMA ORAÇÃO NÃO FUNCIONE?

1º ERRO – FALHA DE CONEXÃO

Quando você se concentra em uma oração, você canaliza a força do seu pensamento para que

ela crie uma espécie de vibração em uma determinada frequência.
Portanto, você dá vida a um evento ondulatório.
A onda é uma particularidade da energia, já a forma e a frequência com que essa onda se
manifesta determina a natureza e as propriedades específicas dessa propagação.

Depois de aproximadamente 70 segundos de concentração, a sua mente cria uma formação
energética que se estrutura ao seu redor e por conta das leis naturais, cria uma sintonia ou
ressonância com forças de mesmo padrão.

Se você não sustentar a sua intenção por esse tempo mínimo de 70 segundos, então você não

provoca o movimento ondulatório que dá vida a uma oração e faz com que ela se propague pelo espaço e pelas dimensões da vida.

2º ERRO – CAMPO REPELENTE

Com base na pesquisa que fiz e tudo que consegui ver ou ser orientado com a ajuda da

mediunidade, eu considero esse o mais impactante de todos os erros.

Por mais que uma pessoa tenha um bom foco na intenção da oração e fique assim por mais de
setenta segundos, se ela não souber limpar o seu campo repelente, ela simplesmente diminuirá
muito a sua força de oração.
O campo repelente está presente em 99% das pessoas, pois ele é criado pela crítica.
Toda vez que você critica algo ou alguém, mesmo que você não perceba, você dispara na
sua aura um padrão energético que resumidamente manifesta a sua insatisfação.

Por mais que você veja razão em uma reclamação (e eu não estou julgando as suas atitudes)
quando a crítica acontece, o seu campo energético desenvolve uma força de oposição as correntes universais de energias vitais.

Esse evento energético provocado por uma crítica e intensificado com o hábito da reclamação e da lamentação, simplesmente faz com que as trocas harmônicas naturais sejam repelidas.

Por conta dessa visão, fica fácil entender frases com “ame o seu próximo com a ti mesmo”,
“a cada um será dado conforme suas obras” e “não faça para ou outro aquilo que não gostaria
que lhe fizessem”, pois todas elas guardam lições que atuam no sentido de explicar as leis que agem no mecanismo da oração.

Reclamação, lamentação e crítica dão origem ao campo repelente.

Nesse momento eu posso imaginar você dizendo: “mas isso é impossível!” ou ainda

“como eu posso não criticar nunca?”.

Eu quero lhe dizer que existem formas de treinar a nossa consciência para esse hábito, contudo

eu não estou aqui para lhe julgar e dizer que você é um pecador por agir assim, apenas eu estou
aqui para lhe falar que é assim que esta lei natural funciona e que se você souber se alinhar a ela, então você fará uma revolução na sua vida.

Além do mais, qualquer que seja a mudança positiva que você fizer, mesmo que seja quase que insignificante, você já poderá perceber melhoras em sua vida.


Eu não tenho como ensinar toda a técnica em um único texto (porque senão eu vou transformá-lo

em um livro), mesmo porque eu preciso que você faça um tema de casa necessário antes de você aprender a segunda parte dessa prática poderosa.
É o seguinte... você tem que começar a limpar o seu campo repelente, e para isso você precisará controlar a crítica sobre tudo e sobre todos por no mínimo dez dias.


O SEU TEMA DE CASA
De agora em diante, faça o que tiver que ser feito e elimine a crítica da sua vida.

Não critique as coisas, as pessoas e as situações.

Sempre que você se perceber no hábito da reclamação e da lamentação, simplesmente diga para si mesmo: “cancela, cancela, cancela!”.

Este é o tema de casa, porque no próximo conteúdo eu vou lhe explicar tudo sobre essa

fórmula que mudou a minha vida e a de muitas pessoas.

Eu também vou explicar no próximo conteúdo os passos detalhados para você fazer uma
oração forte, eficiente e transformadora.

Eu também explicarei porque uma oração feita de forma errada pode ser nociva e pode trazer sérios problemas para a sua vida.

Eu vou explicar que a frase “quanto mais rezo, mais sombração me aparece” pode ser realmente verdadeira se a pessoa cometer mais um erro grave que abordarei.

Eu vou lhe ensinar como criar às conexões de orações e as correntes de força de prece que dão origem a chamada Sintonia de Luz.

Só que para eu poder ensinar a você como fazer parte da Sintonia de Luz eu preciso que você
faça a sua parte e que se comprometa em vigiar toda e qualquer forma de crítica.

Lembre-se de cancelar esse hábito terrível.
Eu lhe adianto, não é fácil, mas é possível!

Agora eu quero lhe fazer um desafio.

As 10 primeiras pessoas que postarem um depoimento abaixo comentando os resultados que
tiveram com a prática do cancelamento da crítica e os benefícios encontrados receberam um
exercício em áudio para ativar as suas conexões de orações.
Está feito o desafio.

VOCÊ ESCOLHE!

Eu também quero a sua opinião para uma coisa.

Eu publico diariamente conteúdos na internet em artigos como esse, também em áudios e em vídeos, portanto, qualquer canal de mídia para nós do Luz da Serra (instituição a qual eu sou um dos fundadores) é muito utilizado.

Por isso, eu resolvi perguntar para você: como você prefere que eu lhe mostre o conteúdo 3 dessa série de 7 lições?

Você quer outro texto, prefere em áudio ou um vídeo?

Eu conto com a sua opinião!

E se você pensou em alguém que você acha que vai gostar deste conteúdo, ou apenas ficou com vontade de comentar este assunto com os seus amigos, então compartilhe!

E para finalizar, eu deixo abaixo alguns depoimentos de pessoas que comprovam a força da espiritualidade e dos treinamentos espirituais, assim será mais um incentivo para você seguir em frente!

Pois é isso que eu desejo de todo o meu coração.

Muita Luz
Bruno J. Gimenes

2 comentários :

MARIA ROCHA disse...

Adorei. Obrigada Bruno, estou aprendendo muito com voce. Email: esteticamr@hotmail.com

i disse...

Bruno...
o desafio ainda está valendo?
«As 10 primeiras pessoas receberão um exercício em áudio para ativar as suas conexões de orações.»
Pois bem, tudo está mais leve!...
Muito grata pelos seus ensinamentos!
A aguardar o exercício em áudio, valeu?