segunda-feira, 7 de junho de 2010

Cromoterapia



CROMOTERAPIA

A Cromoterapia é uma técnica usada através do uso das cores, que busca a harmonização do mental e o físico.
A Aura da saúde pode alterar-se muitos anos antes dos sinais da doença tornarem-se visíveis ou sintomáticos,é na aura que o processo tem início, e, é onde deve ser primeiramente curada.

Qualquer pessoa pode aprender e praticar a Cromoterapia., mas na realidade ela é muito mais que uma aplicação de luz determinada, sobre um ponto do corpo, apesar de não haver necessidade de poderes especiais para a prática desta técnica.



A partir de um diagnóstico clínico ou emocional, a Cromoterapia funciona como uma técnica de apoio, onde torna o organismo mais receptivo a outras manobras medicamentosas necessárias a cada caso.

Cor é vida, e o que a cor manifesta pela luz é a expressão visível do divino.
A Cromoterapia não é uma novidade , desde os tempos primitivos, tendo como registros no Egito, China, Índia já possuíam um sistema de cromologia.

Na modernidade está sendo demonstrada a sabedoria dos antigos quanto ao uso da cor nos processos de cura , visto que a doença é uma busca da harmonia psíquica.
Entra neste momento a Cromoterapia que através da aplicação de feixes de luz faz a harmonização de nossas energias vitais e nossas emoções.

A partir do momento que descobrimos a ação de diferentes cores sobre cada um dos nossos órgãos, com uma aplicação correta nos mesmos, acionamos energeticamente através da cor o equilíbrio do órgão, restaurando adequadamente no interior do corpo todas as energias coloridas.

São sete os raios primários:



VERMELHO
o centro mais baixo, na altura do cóccix, que corresponde ao chacra raiz ou básico, é estimulante, mas, contra- indicado em casos de inflamações, deve ser sempre usado com cautela.

LARANJA
chacra umbilical, esplënico, na parte posterior da cintura, é cor da felicidade, estimula a ambição e a bondade nas pessoas, pode se usado no tratamento de bronquites, moléstias dos pulmões, etc...

AMARELO
usado no chacra do plexo solar, comumente chamado de boca do estömago,, indicado para falta de confiança, otimismo, estimula as faculdades mentais, problemas de fígado e diabetes.

VERDE
na altura do esterno, em linha com o coração, chacra cardíaco, é a cor da paz, da harmonia, da saúde, trabalha a renovação dos sentimentos no aspecto psicológico, também indicado para prisão de ventre, memória fraca, dores de cabeça, ect..

AZUL
localizado no centro da garganta, o chacra laríngeo, o maior poder de auto-expressão do homem, a fala, indicado para casos insônia, diminui o ritmo respiratório, medo, ciúme, dores de cabeça, etc...

ÍNDIGO
localizado no terceiro olho, o chacra frontal, um purificador da corrente sanguinea, , atua sobre as glândulas paratireóides, libera medos e inibições, etc...

VIOLETA
localizado no centro da cabeça, chacra coronário e está relacionado com a glândula pituitária, o centro da compreensão espiritual por onde o nosso Eu interior faz o contato com o Eu Cósmico.
Este raio pode ser usado no tratamento de doenças nervosas, reumatismos, etc....



Falar sobre Cromoterapia é apaixonante, é um tema sem limites quanto a sua abrangência física e emocional, pois seu objetivo é reconstituir o corpo etérico através da aplicação da cor correta nos chacras, tornando-o capaz de vitalizar o corpo físico.

Os antigos egípcios sabiam do poder e influência da cor e em seus grandes templos, como Karnak e Tebas, existem salas coloridas em que se praticavam pesquisas sobre o uso da cor e cromoterapia.
Manuscritos desde os tempos primitivos mostram que na Índia, China e Egito possuíam um sistema completo de cromologia baseado na lei da correspondência entre a natureza do homem e a divisão do aspectro solar, assim as leis fundamentais e os princípios que governam a energia cósmica que conhecemos sob a designação de cor sempre estiveram presentes nos ensinamentos da Sabedoria Antiga destinada aos mestres e terapeutas de todos os tempos.

Sabendo-se que a moléstia é uma busca de harmonia no sistema, a idéia das técnicas cromoterápicas é a busca de um equilíbrio corporal através da aplicação de feixes de luz coloridas sobre o corpo.
Embora a cromoterapia, do mesmo modo que muitas das ciências alternativas na atualidade tenham suas raízes no passado, em nossos tempos o interesse começou realmente com experimentos com plantas por Robert Hunt.

Mas Ghadiali, cientista indiano postulou que as cores representam potenciais químicos em altas oitavas de vibração e como os diferentes raios coloridos têm efeitos terapêuticos diversos sobre o organismo.
Para cada órgão e sistema do corpo há uma cor particular que estimula e outra que inibe o funcionamento desse órgão ou sistema.

Conhecendo a ação de diferentes cores sobre diferentes órgãos e sistemas do corpo, pode-se aplicar a cor correta que tende a equilibrar a ação de qualquer órgão ou sistema que se tornou anormal em seu funcionamento ou condição.

O processo de se viver com saúde envolve um equilíbrio adequado no interior do corpo de todas as energias coloridas.
Quando este equilíbrio é perturbado advém a doença.
O objetivo da ciência de curar pelas cores é combater a moléstia através da restauração do equilíbrio das energias da cor no interior do corpo.

No ser humano há dois processos básicos que funcionam o tempo todo, o anabolismo e o catabolismo.
O primeiro é um processo construtivo e reparador, ao passo que o segundo é o oposto e promove a eliminação de produtos tóxicos ou supérfluos do corpo.
A boa saúde só pode ser mantida e for mantido o equilíbrio necessário e adequado entre os processos de anabolismo e catabolismo que representam conjuntamente o metabolismo.



VERMELHO é a cor da construção, isto é mantém o número de hemácias no corpo e estimula o fígado, e segundo Ghadiali violeta é a cor que ativa o baço, é a cor da destruição ou catabolismo, descobriu ele que o baço destrói as células vermelhas (hemácias) do sangue quando estão muito velhas produz as células brancas do sangue, os leucócitos que combatem as bactérias.
O vermelho estimula o fígado ao passo que o violeta estimula o baço, então encontramos a cor central que é o verde, que é a cor que ativa e encoraja o funcionamento da glândula pituitária, a glândula mestre a supervisora de todas as outras glândulas e afetando por conseqüência todas as partes do corpo.
Surge então a pergunta, porque empregar a cromoterapia quando há tantos outros métodos?
A resposta é que a cromoterapia apresenta inúmeras vantagens e entre elas é que a cromoterapia reconhece que o desvio do corpo em sua percentagem normal, para mais ou para menos no seu equilíbrio é a principal causa das moléstias.
Por outro lado não usa nenhum tipo de resíduo que o corpo tenha dificuldade em eliminar, a cromoterapia não trata os sintomas, dirige-se a raiz do desequilíbrio.
A cromoterapia emprega o tipo de remédio que é mais próximo dos constituintes da aura que são os raios (cores).


OS SETE CORPOS SUTÍS



AURA

Dá-se o nome de Aura à Energia que circunda o corpo físico.
Aura é um campo energético, constituído de energias eletromagnéticas.
Ela tem grande importância na defesa do corpo somático de energia eletromagnéticas.
Ela tem grande importância na defesa do corpo somático.
O principal fator de fortalecimento da Aura são os pensamentos que emite o ser humano.
O tamanho da Aura é variável e proporcional às forças eletromagnéticas de cada pessoa.
O pensamento é energia ondulante.
Qualquer emanação da mente retrata sempre as emoções e os sentimentos do espírito humano, dando-lhe forma e cor, que permanecerão em seus campos vibratórios.
O ser humano é energia condensada pela incrível velocidade do planeta.
Essa energia vibracional se divide em campos eletromagnéticos, cada qual com sua cor determinada.
Entre os corpos físicos e espiritual, existe o Duplo Etérico , cuja função principal é filtrar as energias recebidas.
O ser humano é um composto energético, que apresenta 4 cores naturais: azul, verde, amarelo e rosa.
Quando o ser humano apresenta um determinado desequilíbrio físico, certamente é o resultado do desequilíbrio do corpo energético, e para sua correção se faz necessário o uso de cores ou energias coloridas.
Este é o principio da Cromoterapia que usa o conjunto de cores do espectro cromático do sol.
O homem, como toda a natureza, é um ser dinâmico, um centro de complexas energias, que se manifestam em vibrações, sons, cores e formas.

O ser é composto de:
AURA
espaço que envolve o corpo físico, onde são captadas, armazenadas e distribuídas as energias que alimentarão o corpo físico e seus corpos etéreos;

PERISPIRITO
sede do espirito, corpo etéreo matriz do corpo físico;

DUPLO ETÉRICO
constituído por emanações do corpo físico, corpo etéreo onde se localizam os chakras.

A Aura, na sua função de campo eletromagnético alimentador, tem a forma de um ovo.
Se o cortássemos, veríamos energias policrômicas com movimentos rotativos dentro de espaços vibratórios delineados, ou seja, Aura da Saúde, Aura Espiritual, Campo de Repercussão Mental, Campo Vibratórios e Aura Cósmica.

O ser humano é considerado uma verdadeira central energética.
As energias negativas produzidas por egoísmo, orgulho, inveja, gula, sexo descontrolado, vícios ,etc., vão se acumulando no Campo de Repercussão Mental, interferindo na transferência das energias do Campo Vibratório para a Aura Espiritual, que irá abastecer com deficiência o corpo físico, o qual se apresentará debilitado e doente.
E assim, as energias positivas de amor, bondade e caridade vão desenvolver um corpo sadio.

Componentes da Aura:
Aura da saúde, Aura espiritual, Campo de repercussão mental, Campo vibratório e Aura cósmica.

OBS.: Até os 7 (sete) anos mais ou menos, a aura não adquiriu, pela ausência da energia mental individualizada, todos os seus componentes.
A partir desta idade, à medida que o ser vai exercendo seu livre arbítrio, a aura vai se constituindo forte e saudável, ou, problemática, tíbia , enfraquecida.
A aura serve, além de alimentar e abastecer o corpo físico, como parte do perispírito e duplo etérico, como protetor contra a ação astral inferior.



A primeira aura é aquela que emana do corpo físico-etérico e sua base é o centro da espinha.
O corpo etérico contrário ao vital do físico capta o prana ou energia vital da atmosfera e a distribui pelo sistema.
Num corpo sadio a primeira aura se irradia através de linhas retas e regulares a partir do centro do corpo para o exterior.
Em caso de doenças as linhas parecem cair algo, como condutores luminosos curvados.

A segunda aura emana do centro astral ou emocional no baço e circunscreve o corpo astral estendendo-se por cerca de trinta centímetros do corpo.
Qualquer variação de pensamento ou emoção causa uma mudança nessa aura, esta camada vibra e se altera continuamente.
Quando harmônica, costuma ser brilhante e luminosa indicando equilíbrio emocional.

A terceira aura é a expressão da estrutura intelectual do homem e sua força depende do desenvolvimento de suas faculdades, que por sua vez, depende da educação que tenha recebido.
Esta aura é oval e emite uma cor amarelo pálida quando desenvolvida.
Na pessoa bem equilibrada e inteligente, a aura é brilhante e viva, mas quando a mente é desequilibrada aparecem manchas escuras.

A quarta aura é a emanação da mente superior do homem ou principio espiritual. Sua cor é verde.
Estamos aqui no domínio da imaginação, inspiração e intuição, da criatividade em arte e literatura.

A quinta aura interpreta as anteriores.
Essa aura manifesta a essência do espírito do homem.
A ciência oculta nos diz que as condições nas formas inferiores de consciência é o resultado das forças ocorrentes no corpo espiritual.
É a estação receptora de todos os dados dos aspectos inferiores e grava as impressões recebidas por eles.
A quinta aura é a mais importante, posto que é o ponto de união entre o indivíduo e o cosmos.
Há uma delicada faixa entre a vida individual e o oceano de consciência compartilhada por todos.

A sexta e sétima aura são superiores pertencendo mais aos aspectos cósmicos que aos indivíduos em particular.
O homem médio não desenvolveu seu potencial a tais alturas e essas auras só podem ser vistas circundando o corpo de iniciados e mestre.

Neste momento não podemos deixar de falar de uma forma mais abrangente sobre os chacras para que haja um melhor entendimento de como a cromoterapia pode ser usada, pois se interligam ao físico nos sete centros e dos raios que atrai uma cor predominante necessária para a harmonia do indivíduo como um todo.

Uma condição em desarmonia implica que há excesso ou falta da vibração de uma determinada cor.
Isto pode ocorrer através de algum agente externo, como um acidente, ou interno, através de uma mente que guarda uma grande quantidade de pensamentos negativos que alteram as vibrações.
Num corpo completamente sadio os fluxos de energia são harmoniosos e absorvidos pelos chacras.
O oposto acontece quando há um bloqueio de um tipo ou outro num dos corpos sutis.

Como já foi demonstrado em desenho nesta página temos os sete raios primários distribuídos ao longo da base da coluna ao alto da cabeça que são em número de sete e que cada um dos quais possui uma cor em particular, estes chacras ou vórtices se ligam com a espinha em intervalos regulares.



A energia entra no corpo através dos chacras sendo então redistribuída para todo o corpo.
Vejamos então:


Os chacras vermelho e laranja governam o nível físico e etérico no homem e suprem as energias vitais requeridas por esses corpos, embora devemos lembrar que as atividades dos chacras não são somente localizadas, e sim canais que distribuem a energia.

O chacra amarelo governa o mental inferior, e também está relacionado com as influências emocionais.

O chacra verde chamado de cardíaco governa o mental superior, mas também influência as emoções superiores como a simpatia, ternura, compreensão e compaixão.

O chacra azul ou laríngeo (garganta) é o centro dos instintos religioso e espiritual.

Os chacras vermelho, azul e amarelo precisam trabalhar e estar harmoniosos para que haja realmente saúde física e mental.

Os chacras violeta e índigo são transcendentais e regulam as altas aspirações da alma, expressam clarividência, intuição espiritual.

A cromoterapia pode restabelecer o equilíbrio quando uma moléstia foi causada por um bloqueio ou redução de entrada de energia através dos chacras ou em sua circulação.
A área em desarmonia indicadora de moléstia deve ser tratada com raio para desobstruir o circuito.
A respiração de cores também pode ser usada para o restabelecimento ou manutenção da saúde.

A cura pela cor não é apenas uma força física, mas espiritual, formando assim um vínculo entre o nosso corpo físico e as forças finas ou vibrações de níveis mais elevados da consciência e crescimento espiritual.
A cromoterapia baseia-se na teoria de que cada indivíduo tem necessidades específicas de cores específicas e de que a saúde mental e corporal baseia-se no fato de que o corpo obtenha um fluxo equilibrado e de acordo com suas necessidades, isto é suficiente para dar condições ao corpo para reconstruir, restaurar e revitalizar qualquer órgão a fim de mantê-lo saudável e livre de moléstias.



Especificamente sobre os raios, uso e indicações.

VERMELHO
Este é o raio que fornece ao nosso corpo físico energia e vitalidade.
A energia entra através do chacra básico na raiz da espinha e que se relaciona com o centro gonático ou coccigeano (cóccix).
A vitalidade física do corpo depende da entrada correta e suficiente do raio vermelho, particularmente referente às funções restauradoras, procriadora e criadora e o tratamento com esta cor estimula este centro.
Aumenta o calor e temperatura do corpo, estimula a circulação do sangue e permite a liberação de adrenalina.
Dispersa os sentimentos de cansaço e inércia, resfriados e constipações crônicas; sua atuação é sempre de expansão.
O efeito do raio vermelho, psicologicamente é sobre o sistema nervoso, eleva, transmite maior confiança, iniciativa e faz superar a depressão, estimulando a força de vontade, coragem e o poder de lidar com a vida, ativa a vitalidade física, sexualidade, competitividade, abre o apetite, sendo excelente para dar mais ânimo e crédito a si mesmo.
Poderia ainda ser indicado nos casos de anemia, má circulação, problemas sanguíneos onde a vitalidade é parca ou o estado mental é de depressão, medo ou preocupação.
É contra nos casos de febre, pressão alta e problemas cardíacos.
O excesso de vermelho pode provocar agressividade e irritabilidade, induz a uma ação impulsiva guiada pelo instinto portanto, deve ser usada com moderação.
Como auxílio, sugerimos que a dieta do paciente contenha beterraba, ameixa preta, cerejas, groselhas e quaisquer vegetais que contenham ferro.
Sua ausência pode causar perda de iniciativa, de autoconfiança e de vontade

LARANJA
O raio laranja controla o segundo chacra, o esplênico, auxilia nos processos assimilativos, distribuidor e circulatório do corpo.
De poderoso efeito tônico, libera as funções corporais e mentais, fornece energia física e estimulação mental, e frequentemente é chamado de raio da sabedoria pois estando entre o raio vermelho e o amarelo aciona tanto a vitalidade quanto ao intelecto.
Sob o ponto de vista psicológico o raio laranja é maravilhoso para remover repressões e inibições, ajuda a ampliar a mente e torna-la receptiva a novas idéias e quando ocorre algum tipo de retardo mental auxilia na elevação do nível mental e por ampliar os limites mentais aumenta a compreensão e a tolerância é também a cor da liberdade, concentração e independência..
Como o raio laranja é absorvido pelo chacra esplênico pode ser usado no tratamento de desordens e infecções do baço bem como nas moléstias dos rins.
A bronquite e outras moléstias dos pulmões podem ser tratadas com o uso do raio laranja e respondem também ao tratamento os cálculos biliares, e paralisias de origem emocional.
Como auxílio, recomendamos a dieta, contendo vegetais e frutas com cascas alaranjadas como: laranja, mangas, pêssegos, cenouras e tangerinas.
Sua ausência pode causar ansiedade, impaciência e dificuldade de adaptação.

AMARELO
Depois do branco este é o raio que fornece o máximo de energia e é absorvido através do terceiro chacra, o plexo solas, que é na verdade um centro muito importante para todo o sistema nervoso e no controle dos processos digestivos.
Sua ação é eliminada no fígado e no intestino uma vez que é purificador de todo o sistema mas, particularmente na pele em que manifesta suas poderosas propriedades curativas.
É um raio mental e estimula o sistema nervoso, digestivo e muscular, é a cor do otimismo, da alegria, alivia a sensação de esgotamento mental.
Sob o ponto de vista psicológico o raio amarelo estimula o raciocínio lógico e os poderes de raciocinar, melhora o autocontrole ao inspirar as faculdades mais elevadas.
Somos estimulados e nosso espírito elevado simplesmente ao contemplar o amarelo e o laranja posto que estas cores se parecem mais estritamente com o amado brilho dourado dos raios do Sol de que nossos corpos necessitam.
O amarelo é uma cor que dá uma atitude harmoniosa em relação à vida, favorecendo o equilíbrio e o otimismo.
O uso do raio amarelo é indicado nos casos de exaustão nervosa, quando ocorrem problemas de pele, e os problemas correlatos de constipação intestinal, problemas de fígado e diabetes.
Como auxilio recomendamos que a dieta contenha frutas e vegetais de casca amarela como por exemplo limões, bananas, abacaxis e milho.
Sua ausência pode levar a timidez, medo de críticas, tendência para a tristeza e introspecção.

VERDE
Verde é a cor da natureza, do equilíbrio, da paz e da harmonia, tem poder restaurador, purificador e de esperança.
Quando vivemos em áreas essencialmente urbanas nos dirigimos ao campo na busca de harmonia e tranqüilidade e reforço das baterias porque o campo suaviza, nos preenche nos inspira à paz.
Antigamente os hospitais tinham suas dependências pintadas de branco, hoje, com alegria constato que o verde em nuances claras e agradáveis tem tomado o lugar do branco pois ele produz um ambiente calmo com energia necessária ao equilíbrio de nossa psique.
Este é o raio que é absorvido pelo chacra cardíaco e controla o centro cardíaco.
Verde também é a mistura do azul e amarelo influenciando poderosamente o coração e a pressão sanguínea.
Tem um poderoso efeito calmante sobre os nervos e é provavelmente sua falta em algumas das áreas construídas como selvas de pedra do mundo moderno que colabora para o crime e a delinqüência.
Sob o ponto de vista psicológico o raio verde dá um sentimento de renovação, de nova vida, de frescor e brilho, alguma coisa que lembra o início da primavera.
Este raio não governa apenas o coração físico, mas também os problemas emocionais e repressivos que levam aos problemas cardíacos, que são frequentemente devidos ao medo de dar, de se envolver ou de ser ferido.
Tais problemas emocionais e psicológicos se continuados durante um longo período podem terminar facilmente numa elevação da pressão sanguínea e em ataques cardíacos.
Portanto o raio verde é reparador, restaurador e pode ser usado para aliviar as dores de cabeça, gripe, harmonização de células, sistema nervoso, sintonizando todo o corpo.
Como auxílio use na dieta todos os vegetais e frutos verdes que não são de reação ácida ou alcalina.
Sua ausência causa desorganização, atrasos com compromissos assumidos, percepção falha.

AZUL
Do mesmo modo pelo qual o raio vermelho é um expansor e estimulador, o raio azul é o oposto isto é, é restritor (contrai, encolhe, diminui) muito indicado para ser usado em locais em que os conflitos estão presentes.
Este raio é estabilizador e desacelera de modo que serve para combater as doenças infecciosas quando promovem elevação da temperatura, favorece o sono.
Sua grande propriedade é a de ser anti-séptico e sua luz é refrescante e adstringente.
Azul é a cor do centro da garganta, o centro que controla o maior poder de auto-expressão do homem: a fala, corresponde ao chacra laríngeo.
Quanto ao ponto de vista psicológico o raio azul traz quietude e paz mental, particularmente quando ocorre um estado de maior excitação, mas, pode ser tão relaxante que a sua falta requeira uma aplicação com vermelho ou laranja.
O raio azul pode ser empregado para aliviar diferentes dores como problemas de garganta de todos os tipos, febre e moléstias de crianças como sarampo, caxumba, inflamações, espasmos, comichões, dores de cabeça e é também indicado para casos de choque, insônia, é relaxante e analgésico.
Como auxilio inclua na dieta ameixas, uvas passas e ameixas pretas.
Sua ausência pode causar resistência à mudanças, inflexibilidade, não entendimento da palavra liberdade.

ÍNDIGO
O raio índigo entra e circula em torno do chacra situado atrás da testa, o chacra chamado terceiro olho.
Afirmam os estudiosos que controla a glândula pineal e é maravilhoso purificador da corrente sanguínea.
De modo similar ao raio laranja ajuda a expandir a mente e a libera de medos e inibições, índigo é a combinação de azul escuro com uma pequena quantidade de vermelho.
A glândula pineal se relaciona com o potencial nervoso, mental e psíquico do homem, de modo que os órgãos da visão e audição, encontram-se sob a influência do raio índigo.
Sob o ponto psicológico clareia e limpa as correntes psíquicas do corpo.
Sempre tem poderoso efeito em complicações mentais graves como obsessão e outras formas de psicose.
O raio índigo purifica e estabiliza onde quer que os temores e repressões tenham causado moléstias mentais graves.
O índigo pode ser usado no tratamento das afecções dos olhos, ouvidos, nariz, moléstias dos pulmões, asmas e dispepsia.
A surdez pode, em alguns casos ser o resultado de uma recusa de ouvir a voz da consciência ou iluminação ou simplesmente da voz dos que estão próximos ao paciente.
Aqui parece ocorrer uma interiorização da atenção.
Naturalmente nem sempre é assim, mas em todo caso o raio índigo pode ser de grande ajuda em qualquer problema de ouvido, nariz e garganta.
Na dieta podem ser usados os alimentos listados para o raio azul e também os que foram apresentados para o raio violeta.
Sua ausência causa medos e frustrações as vezes inexplicáveis.

VIOLETA
Esta é a mais alta vibração de todos os raios cósmicos de energia.
Controla o chacra coronário e é relacionado com a glândula pituritária, que é o centro da compreensão espiritual e intuitiva.
É indicada para ambientes que favoreçam a criatividade, é a cor que representa o poder e a riqueza.
O raio violeta atua de modo mais tranqüilizante e calmante sobre os sistemas nervosos cansados que devem recebê-lo em abundância sempre.
Contudo seu emprego mais efetivo em termos de resposta ocorre principalmente naqueles que têm natureza nervosa, excitada, desbloqueia e purifica a mente.
Artistas, atores e músicos apresentam amiúde desordens da personalidade e é o raio violeta que pode restaurar-lhes a paz e a calma.
Em termos psicológicos este é o raio de luxo que tem um maravilhoso efeito curativo sobre todas as formas de neuroses e manifestações neuróticas.
Pode ser usado na assistência do desenvolvimento das faculdades espiritual e intuitiva.
Por exemplo, antes de iniciar um exercício de concentração ou meditação, a cor pode ser visualizada ou ainda quando houver dificuldade, coloque um pedaço de uma cartolina, papel ou tecido dessa cor diante de quem vai meditar apenas como estimulante das faculdades psíquicas e espirituais.
Violeta pode ser empregado no tratamento de todas as moléstias mentais e nervosas e também nos casos de reumatismo, tumores, afecções dos rins e bexiga.
Na dieta de auxílio inclua berinjelas, uvas, amoras, brócolis, beterraba.
Sua ausência aumenta os sentimentos de rejeição, medo, incompreensão, e incapacidade de observação detalhada.

BRANCO
Branco é a união de todas as cores.
É a cor da paz, pureza, refinamento e expansão, e por ser união de todas as cores é vibrante e estimulante pois não podemos esquecer que no momento em que a usamos estamos usando todas as cores.
Transmite claridade, amplia situações, produz a troca de energia mantendo a verdade nua e crua, por outro lado um ambiente pintado de branco torna-se monótono levando à dispersão, não sendo aconselhável para qualquer lugar que se deseje encontrar pessoas atentas.
Sua ausência traz tendência para a instabilidade emocional e a falta de senso comunitário.
ALGUNS TRATAMENTOS DE ACORDO COM A COR

RAIO VERMELHO
Este é o elemento fogo, estimulando e excitando os nervos e sangue libera adrenalina, ativa a circulação do sangue e revitaliza o corpo físico, mas sendo um estimulante deve ser usado com muita cautela, não deve ser usado sozinho sendo conveniente usar a seguir o raio verde ou azul.
É contra indicado em casos de inflamações e distúrbios emocionais.

ANEMIA
A respiração de vermelho bem como a ingestão de alimentos listados na descrição do raio vermelho devem ser incluídas no tratamento.
O raio pode ser administrado inicialmente na sola dos pés e após no chacra básico à distância de aproximadamente quinze centímetros.
Sugerimos a aplicação durante 5 minutos nas solas dos pés, prosseguindo pelo mesmo período pela barriga da perna, joelhos, coxas culminado no chacra básico.
Encerra-se com uma aplicação geral com o raio verde ou azul por 3 minutos.

PARALISIA
No primeiro instante aconselha-se a aplicação geral por 3 minutos do raio amarelo para auxiliar o paciente a reorientar seu estado mental que deve estar confuso.
Após aplique o raio vermelho no chacra básico por dez minutos, na solas dos pés por 5 minutos e em seguida nos joelhos e pernas por 5 minutos.
Tais períodos podem variar pois é determinado pelo terapeuta que é soberano diante do quadro clínico do paciente.

RAIO LARANJA
Fortalece os pulmões, pâncreas e baço, ativa as emoções e cria um sentimento de bem-estar.
É uma cor estimulante, quente e pode, como o raio vermelho ser usada para a falta de vitalidade, espasmos musculares e câimbras.
Por exemplo, uma pessoa idosa sem qualquer diagnóstico clínico que justifique a queixa de falta de forças, desânimo.
Deve-se dar um banho geral do raio laranja sobre todo o corpo todo por 5 minutos e após concentrá-lo no plexo solar e na base do cérebro por 10.

ASMA
Novamente o raio laranja é indicado neste caso, embora seja muito mais imperativo que normalmente o uso da correta respiração e o exercício da respiração do raio laranja, rigorosamente todos os dias.
É na respiração profunda, que os pulmões são limpos pelo uso dos músculos da base do peito e superiores do estômago
A atitude mental deve ser positiva e otimista.
O tratamento consiste em dirigir o raio laranja ao peito e à garganta pelo período de 10 minutos.
Notando-se melhoras e conveniente aplicar o raio azul à garganta durante 10 minutos.

BRONQUITE
Se a moléstia tem um longo histórico, os resultados serão também obtidos a longo prazo.
A prática da respiração é de extrema importância e não deve ser deixada de lado.
No tratamento o raio laranja deve ser direcionado ao estômago e abdômen durante um período de 10 minutos podendo ser aplicados por um período mais extenso dependendo da necessidade do paciente.

ELIMINAÇÃO DO SENTIMENTO DE CULPA
A aplicação do raio laranja em todo o corpo por 10 minutos responde rapidamente nestes casos.

RAIO AMARELO
Ativa os nervos motores e gera energia muscular, estimula o fluxo da bile, faz bem para a pele e sob o ponto de vista psicológico elimina ou reduz a depressão.
Esta é uma vibração positiva e atua sobre o sistema nervoso, influenciando a atitude mental e a vitalidade orgânica.
O centro do plexo solar é o mais crítico de todos para vitalização do corpo todo, pois atua como um assimilador e distribuidor de energias para os demais chacras.

DIABETE
A luz amarela deve ser dirigida ao centro do plexo solar durante 10 minutos e o tratamento deve ser feito lentamente.

FLATULÊNCIA
O tratamento para este tipo de moléstia é simples, bastando tomar água solarizada por amarelo lentamente entre as refeições.

CONSTIPAÇÃO
A luz amarela deve ser dirigida ao estômago e abdome pela manhã e à noite.
Praticar a respiração colorida pelo amarelo e tomar pequenas doses de água solarizada pelo amarelo entre as refeições, contudo não devemos esquecer que o excesso de amarelo pode causar diarréia, posto que esta cor estimula o fluxo da bile.

RAIO VERDE
Raio da harmonia e equilíbrio, tem sua natureza tônica e exerce profunda influência sobre o coração e no suprimento de sangue.
O verde reduz a tensão, estimula a construção de músculos e tecidos.

PROBLEMAS CARDÍACOS
Como já comentamos muitos estudiosos concordam que os problemas cardíacos são originados no corpo emocional e são frequentemente devidos a um sistema nervoso excitável.
A luz verde centralizada no chacra cardíaco harmoniza e cura.
No caso de pressão baixa a luz dirigida ao paciente deve ser escura e o tratamento deve durar 15 minutos já, nos caos de pressão alta deverá ser usada a cor verde pálida e empregada pelo mesmo tempo.

DORES DE CABEÇA
Geralmente o resultado costuma ser rápido e deve ser usado um verde claro sobre todo o corpo por 15 minutos.

RAIO AZUL
O raio azul é frio e adstringente com qualidade anti-séptica, controla o chacra laríngeo e produz uma vibração calma e pacífica podendo ser aplicado em todos os estados febris e inflamatórios e ainda, como antídoto do vermelho.
É contra-indicada sua aplicação em casos de resfriados, paralisias, reumatismos crônicos e hipertensão.

DOR DE GARGANTA
O raio deve ser focalizado na garganta durante 10 minutos e o paciente deve fazer gargarejos de água solarizada com a cor azul 4 vezes ao dia.

ROUQUIDÂO
Nestes casos indicamos tomar água solarizada com azul em pequenos goles durante o dia, praticar a respiração com a cor azul e receber aplicação com o raio azul por 5 minutos duas vezes ao dia.

ICTERÍCIA
Aplicar o raio azul no corpo por inteiro e ingerir pequenas doses de água solarizada com raio azul.

CORTES E QUEIMADURAS
A aplicação da água solarizada pelo raio azul auxilia na cura e alivia a dor.

REUMATISMO
Nos casos agudos recomendamos o emprego do raio azul por 10 minutos já, nos casos crônicos a aplicação do raio laranja é mais adequado.

RAIO ÍNDIGO
Este é o raio refrescante, adstringente, empregado para a moléstia dos olhos, nariz e ouvidos sendo também benéfico no tratamento de algumas desordens mentais e nervosas, podendo ser usado no tratamento de complicações pulmonares e estomacais.

DESORDENS MENTAIS
O raio índigo é eficiente no tratamento de desordens mentais quando o paciente é violento e excitável.
Quando ao contrário está deprimido e inerte, o raio laranja tem bom resultado.

RAIO VIOLETA
Purifica o sangue e mantém o equilíbrio do potássio do organismo.
Atua sobre o corpo mais elevado do homem mas seu uso é contra indicado quando existe um retardo mental .
Controla a glândula pituitária.

INDISPOSIÇÕES NERVOSAS
O uso do raio violeta é indicado quando o paciente está muito estressado e tenso e deve ser aplicado por 10 minutos no corpo por inteiro.

INSÔNIA
O tratamento com o raio violeta será mais eficiente e com resultados mais rápido quando o paciente for um sensitivo, devendo ser aplicado por 10 minutos no corpo por inteiro.



ÁGUA SOLARIZADA

Tomar água solarizada com cores é uma maneira prática e fácil para se obter os benefícios da cromoterapia.

E é simples o procedimento, basta pegar uma garrafa de vidro transparente limpa, envolve-la com papel celofane na cor indicada, enche-la com água potável e leva-la ao sol por um período mínimo de uma hora de o sol estiver forte, durante meio dia se o sol estiver fraco e por um dia inteiro se for um dia nublado ou chuvoso.
Esta água deverá ser absorvida em pequenas doses durante o dia, num período máximo de sete horas.
Não deve ser colocada na geladeira, e é aconselhável mantê-la em lugar fresco e arejado.

A cromoterapia é uma prática natural e faz parte do contexto das terapias alternativas que apesar de excelentes resultados, serve de apoio para os tratamentos convencionais da medicina ortodoxa, que não devem ser abandonados e tampouco abandonas as visitas ao seu clínico que é soberano pois um Cromoterapeuta não faz diagnóstico, apenas faz uma anamnése para traçar a sua linha de conduta.



DICAS INTERESSANTES
No caminho do estudo das cores algumas dicas que podem ser interessantes.

HORÁRIO DE INCIDÊNCIA SOLARES

das 5 às 7 horas incidência da cor azul
das 7 às 9 horas incidência da cor verde
das 9 às 10 horas incidência da cor amarelo
das 10 às 12 horas incidência da cor laranja
das 12 às 14 horas incidência do infravermelho
das 14 às 16 horas incidência da cor violeta
das 16 às 17 horas incidência do ultravioleta
das 17 às 18:30 horas incidência da cor laranja

Não devemos também esquecer a responsabilidade com a saúde em determinados horários em que deve ser evitada a exposição aos raios solares.
Mas poderemos nestes horários, em dia de sol forte, aproveitarmos para colocar no horário correto a vasilha com água potável para procedermos à solarização, porque como podemos verificar a incidência ocorrem de 1 ao máximo de 2 horas.

LEMBRE-SE.
Se você decide usar uma cor, está provocando uma vibração que gera uma reação ou um acontecimento.
A personalidade de cada cor causa impacto específico, mostra uma intenção, cria situação, ATRAI o que lhe é correlato, portanto:



USE CORES BRILHANTES QUANDO QUISER:
- sentir-se especial;
- estímulo para fazer o que tem de ser feito;
- audácia para fazer mudanças;
- provocar;
- levantar a energia, acabar com o baixo astral.

USE CORES SUAVES QUANDO QUISER:
- conciliar, ser aceita, obter adesão;
- ajudar ou ser ajudada;
- fazer sorrir;
- preservar harmonia, acabar conflitos;
- estimular evolução ou espiritualidade;
- dissolver barreiras.

USE CORES ESCURAS QUANDO PRECISAR:
- aparentar mais maturidade;
- controlar a si mesma e aos outros;
- esconder alguma coisa;
- passar seriedade, cerimônia, responsabilidade;
- agir com autoridade;
- cortar ou romper;
- manter firmeza.

USE CORES MANCHADAS QUANDO QUISER:
- integrar cores ou situações;
- não omitir opinião;
- facilitar, deixar fluir;
- conviver em ambientes desiguais ou ambíguos;
- soltar o que lhe incomoda;
- aumentar gradativamente alguma participação;
- ser diplomata;
- Rememorar, lembrar de vidas passadas;
- Soltar o que lhe incomoda.

USE BRANCO QUANDO QUISER:
- se aperfeiçoar;
- evitar tentações;
- ultrapassar o medo e a angústia;
- limpar o ambiente;
- ficar intocável ou inatingível;
- proteger-se quando estiver em um ambiente pesado;
- mostrar pureza de intenções;
- cultivar a solidão;

USE PRETO QUANDO DESEJAR:
- fortalecer seu poder e autoridade;
- fechar-se, manter distância, colocar barreiras;
- aumentar o mistério, ocultar, não divulgar;
- demarcar limites;
- despertar sensualidade física;
- ter segurança de que não ira errar;
- não se destacar já que num evento a maioria usa preto;
- mostrar tristeza;
- parecer mais velha.

USE CINZA QUANDO QUISER:
- fazer mudanças, viajar;
- transformar situações;
- pesquisar, analisar, observar;
- integrar oposições;
- mostrar certa diplomacia;
- ficar mais séria e competente;
- estudar mistérios, ciências ocultas.

USE DOURADO QUANDO QUISER:
- ter prosperidade e sucesso;
- ser admirada e marcar presença;
- atrair alegria, energia e saúde;
- aumentar a criatividade;
- aproximar-se de pessoas importantes.

USE PRATEADO QUANDO QUISER:
- meditar e transcender problemas;
- movimentar-se, viajar, ir além;
- ficar leve e refinada;
- tornar-se mestre, ter sabedoria;
- acelerar a vida;
- fazer viagens astrais;
- penetrar em outras dimensões;
- espiritualizar-se;
- aumentar suas visões, inspirações;
- estudar ciências ocultas;
- passar dignidade e um pouco de distanciamento.

USE AZUL QUANDO PRECISAR:
- relaxar, dormir, descarregar-se;
- conviver simpaticamente e sem maiores envolvimentos;
- refrescar-se;
- emagrecer, comer menos, fazer dietas;
- equilibrar o ambiente;
- expandir o intelecto e a percepção;
- curar e ser curada.

USE VERMELHO QUANDO QUISER:
- mais vigor, vitalidade;
- mais estímulo sexual;
- induzir a fertilidade;
- chamar a atenção, ser vista e ouvida;
- desafiar, envolvendo-se intensamente;
- mostrar orgulho;
- estimular ambiente;
- agitar.

USE AMARELO QUANDO QUISER:
- ser original e se destacar;
- atrair alegria e estímulo;
- mostrar independência de idéias;
- revitalizar-se;
- estudar, ativar a inteligência, rapidez de raciocínio;
- soltar-se mais;
- surpreender, estimular a comunicação;
- fortalecer ossos e evitar a prisão de ventre.

USE LARANJA QUANDO QUISER:
- fazer-se notada, ser inesquecível;
- sobressair-se;
- alegrar, animar festas;
- progredir, avançar;
- engordar, aumentar o peso;
- esquentar-se do frio;
- ser mais natural, menos contida;
- evitar reumatismo, problemas ósseos, recuperar-se de problemas ortopédicos.

USE VERDE QUANDO QUISER:
- tranquilizar, trazer serenidade ao ambiente, descansar;
- estimular a esperança;
- melhorar a saúde e o coração;
- contra infecções e a favor do sistema imunológico;
- proteger;
- ter isenção, neutralidade;
- evitar propagação, invasão, afastar os indesejáveis;
- tornar-se mais fértil produtiva;
- selecionar e solucionar;
- atrair silêncio.

USE ROSA QUANDO PRECISAR:
- demonstrar simpatia, afeição, solidariedade, aconchego;
- atrair proteção, cuidados, delicadeza;
- desbloquear o ambiente ou qualquer coisa dentro de si mesma;
- fazer bem ao espírito;
- aumentar a compreensão, evitar preconceitos;
- fazer contato, relacionar-se.

USE LILÁS QUANDO PRECISAR:
- refinar-se
- penetrar em outras dimensões;
- aperfeiçoar-se em terapias espirituais;
- prevenir-se contra doenças físicas e psíquicas;
- buscar união das almas;
- usar de sutileza;
- afastar-se de enfrentamentos e competições;
- resolver complicações com atitudes civilizadas e desprendidas.

USE ÍNDIGO QUANDO PRECISAR:
- ter domínio de uma situação;
- centralizar-se;
- comportar-se com maturidade;
- impor limites e controles;
- mostrar distanciamento emocional;
- fortalecer a inteligência em um nível mais transpessoal.

USE BEGE QUANDO QUISER:
- manter a neutralidade;
- ser zen;
- passar desapercebida;
- ser prática e democrática;
- aumentar a confiabilidade, mostrar lisura;
- ter sossego;
- evitar mudanças e muito movimento;
- esconder seus pensamentos.

USE MARRON QUANDO PRECISAR:
- ser prática, concisa, eficiente;
- quiser economizar;
- ser respeitada e levada a sério;
- não fazer concessões, dizer não;
- conviver com animais, andar na terra;
- parecer mais velha e dura;
- trabalhar duro;
- esconder sujeira.

CONSIDERE, qualquer cor funciona entre 8 ou 80.
Excesso de verde pode dar apatia; carência de verde atrai barulho, diminui o sossego.
Usar uma cor é evocar a energia que habita dentro dela; usar o vermelho convoca a energia; a animação, a sensualidade, ela ouvirá e virá, então o mais aconselhável é usar o bom senso, através do equilíbrio sempre.

FAÇA BOM USO DAS CORES NO SEU DIA- A DIA E MODIFIQUE A SUA VIDA !



LIVROS

APOSTILA_CROMOTERAPIA.rtf

a psicologia das cores.doc

Cromoterapia Básica - Lidia Iff - doc.doc

CROMOTERAPIA_-_A_MAGIA_DAS_CORES.doc

cromoterapia_aplicada__-_Cura_com_as_cores_-_Helen_Graham.doc

Guia_de__Cromoterapia.doc

René Nunes - Compêndio Científico de Cromoterapia.pdf

Cura_com_as_cores_-_Helen_Graham_(cromoterapia_-_medicina_natural_-_saude).doc

Nenhum comentário: